Arquivo da categoria: CV impressa #01

Poema: Apartamento, por Moisés Canabarro. Foto por Rafael Happke

*Estes poema e foto fazem parte da Revista Cornucopia Vacua impressa #1

O autor do poema desta página, Moisés Canabarro, é um iniciante na arte das letras, mas sempre respirou arte. Mesmo que ser estudante de Engenharia Acústica na UFSM não denuncie o seu lado artístico, Moisés toca violão desde os 15 anos, já fez shows e é um leitor voraz de clássicos. Ele disse que tem sido muito gratificante o reconhecimento pelo seu trabalho e pretende continuar escrevendo e expandir sua arte para o desenho.

Poema e ilustração dá um bom casamento, assim como poema e foto. A imagem que ilustra o poema de Moisés é de Rafael Happke.  Além de ser um fotógrafo experiente e ter começado bem novo, ele é funcionário público na UFSM, lotado na TV Campus, e cursa o Mestrado em Artes Visuais da UFSM.

A foto foi feita em uma fazenda, em 2010, no interior de São Martinho da Serra, à sombra de uma grande figueira.  Rafael comentou a escolha: “Penso que a imagem é interessante porque além de me agradar esteticamente permite a identificação de todos que olham com um tempo da vida que vemos com certo saudosismo e devemos sempre resgatar: ser criança e brincar.” – Luciana Minuzzi.

Blog Rafael Happke | E-mail Moisés: mscanabarro@hotmail.com

Foto: Rafael Happke.

Apartamento

Por Moisés Canabarro

Ando pela calçada,

ao lado, comércio.

por onde mais se pode ver

confusão de cores, espasmo,

delirio,

suntuosos edificios de pedra, areia e cimento.

As pessoas que aqui transitam

Eu convivo, ou apenas sobrevivo?

Apartamentos

Aparte-me daqui.

Anúncios

Conto: A(corda) Cor de café, por Verônica Morta da Silva

*Este conto faz parte da Revista Cornucopia Vacua impressa #1

Leia mais da autora na tag: https://cornucopiavacua.wordpress.com/tag/veronica-morta-da-silva/

Ela pode até estar mortinha, mas a Verônica Morta da Silva produz muito e muito bem. Vai por vários braços da literatura como conto, micro conto, poesia e novela. Começou bem cedo. Com apenas sete anos escreveu um poema, recebeu muito incentivo da mãe e nunca mais parou.

A Verônica tem um mini-livro chamado “Pequenas palavras de um grande amor”, publicado em 2005 pelo movimento virArte de poesia. Também já participou de várias antologias poéticas e foi escritora homenageada na 1ª Feira do livro Infanto-Juvenil de São Luiz Gonzaga em 2006. Além de acumular alguns troféus por participações em coletâneas de poesias pelo movimento virArte e pela Casa do Poeta.

Já viram que a moça é gabaritada, né? Como ela acredita que o reconhecimento maior de um escritor é ter seus textos lidos, sem mais delongas, fiquem com o conto abaixo e boa leitura. – Luciana Minuzzi.

Contatos da autora:

E-mail: senhorita.pariu@gmail.com | Facebook | Página Âmago

Imagem: British Library.
Imagem: British Library.

A(corda) Cor de café

Por Verônica Morta da Silva

Numa manhã fosca escondi as carcaças dos desejos de um velho surdo (eu). Abri as cortinas cansadas da música que tocava sem nexo. Encobri os guardanapos gastados naquela noite fria. Guardei o pó do café usado anteontem. Senti o gosto do pão estragado na minha boca em jejum. Limpei a sala, recolhi as roupas verdes do varal, tomei banho. Chamei Helena.

Poema: Notes d’un tueur, por Eduardo Ruedell

*Este poema faz parte da Revista Cornucopia Vacua impressa #1

Leia mais do autor na tag: https://cornucopiavacua.wordpress.com/tag/eduardo-ruedell/

Vários autores têm uma profissão bem distante do universo das letras. O autor do poema abaixo tem esse perfil e une poesia com engenharia. Eduardo Ruedell cursa Engenharia Mecânica e trabalha no Laboratório de Superfícies do Departamento de Física da UFSM. O amor pelas palavras veio antes mesmo de Eduardo prestar o vestibular. Com 12 anos, o guri já escrevia crônicas inspirado pela coluna dominical de Moacyr Scliar. Além das poesias e crônicas, Eduardo se aventura pelo conto. Ele já teve seu trabalho publicado em alguns jornais, revistas e blogs, mas a ideia é lançar um livro. Vamos ficar na expectativa para que essa ideia se realize.

Eduardo contou que os seus personagens e as situações as quais eles vivem são inspiradas no seu próprio cotidiano como uma forma de aliviar a carga emocional diária. “Basicamente, tomo como regra de vida uma citação do Romain Gary que li certa vez: ‘em vez de gritar, escrevo livros’. Mas pra mim, em vez de gritar, escrevo contos.” – Luciana Minuzzi.

Contato do autor: eduardo_ruedell@hotmail.com

Imagem: British Library.
Imagem: British Library.

Notes d’un tueur

Por Eduardo Ruedell

Todos os devaneios do mundo

transbordam revoltosos por minha pena.

De tantas criaturas míticas pensadas,

poucas sobrevivem ao suicídio forçado

da lata de lixo.

As que ainda seguem vivas

se escondem de mim

transvestidas na forma de poemas.

Retrospectiva 2014

O último post antes deste foi sobre os números do blog em 2014. Confiram aqui.

Como vocês viram, tivemos muitos acessos nos vários poemas, contos, crônicas e tudo mais postado no site. Só tenho a agradecer e fico muito feliz em ver os trabalhos apreciados e compartilhados. Comecei a trabalhar com a ideia da revista em junho, mas foi em 8 de agosto o primeiro post do site. Nele, eu contava o que era essa tal de cornucópia. Clique aqui para conferir. De lá pra cá, foram quase  30 posts com conteúdos diversos e tri bacanas.

Tem muito material ótimo no agendamento esperando para ser publicado. Então, aproveite. Reveja a lista e acesse os textos ainda não vistos ou relembre os já vistos. Logo, logo, terá muita novidade por aqui.

Falando nisso, já enviou o seu material?  Tá esperando o quê? 😀 Clique aqui e saiba como.

Autores, confiram os comentários dos leitores nos seus posts. Tem vários muito legais. 😉 – Luciana Minuzzi.

15.01.02 - Retrospectiva

Conto

CONTO: NASCIDA EM SANGUE, POR LUCIANA MINUZZI

PARCERIA: ANTES DO CEDO, POR CESAR DOMITY

CONTO: O ÚLTIMO, POR LUCIANA MINUZZI

Imagem: British Library.
Imagem: British Library.

CONTO: O CASO DA MORENA, POR LUCIANA MINUZZI

CONTO: A CONSULTA, POR FERNANDO RODRIGUES

CONTO: MISSÃO DE AMOR NAS MISSÕES, POR LEONARDO DIAS

Imagem: British Library.
Imagem: British Library.

CONTO: PÉ PELADO, POR LUCIANA MINUZZI

CONTO: QUANDO O GAÚCHO SAI DE FÉRIAS, POR CESAR BORGES

CONTO: CÁRCERE, POR LUCIANA MINUZZI

CONTO: O NÚMERO DO QUARTO É 123, POR VERÔNICA MORTA DA SILVA

CONTO: AS SORRIDENTES, POR MATHEUS RIBEIRO SANTI

Imagem: British Library.
Imagem: British Library.

Poema              

PARCERIA: SOU VERSO, POR MARA GARIN

POEMA: ELA DISSE: (CUM), POR KAKO VON BOROWSKI

Imagem: British Library.
Imagem: British Library.

POEMA E ILUSTRAÇÃO: NA TV SÓ PASSA MERDA – RECUERDOS DE LA MAÑANA, POR PEDRO LAGO.

Imagem: Pedro Lago.
Imagem: Pedro Lago.

POEMA: CÊ, POR EDUARDO RUEDELL

POEMA: VOCÊ EM MIM, POR LAVIOLETE ARAÚJO

Imagem: British Library.
Imagem: British Library.

Crônica

CRÔNICA: (RE) ENCONTROS, POR RAFAEL PACHECO

CRÔNICA: SOBRE A HUMANIDADE, POR SIMONE MACHADO

Imagem: British Library.
Imagem: British Library.

Coluna

COLUNA: PARA REPENSAR A POÉTICA, POR J. ROWSTOCK

Entrevista

ENTREVISTA: O MULTI-TALENTOS ALEXANDRE CARVALHO

14.09.29 - Entrevista_Alexandre Carvalho2
Imagem: Luciana Minuzzi

 

Lançamentos e lembretes

ENVIE O SEU MATERIAL PARA A REVISTA CORNUCOPIA VACUA

VOCÊ VAI NO EVENTO DE LANÇAMENTO DA REVISTA CORNUCOPIA VACUA #00?

COBERTURA DO LANÇAMENTO DA REVISTA CORNUCOPIA VACUA #00

DSC00966
Imagem: Luciana Minuzzi

 

VOCÊ VAI AO EVENTO DE LANÇAMENTO DA CV #1?

COBERTURA DO LANÇAMENTO DA REVISTA CORNUCOPIA VACUA #01

???????????????????????????????
Imagem: Luciana Minuzzi

 

FELIZ NATAL, LEITORES DA CV

OS NÚMEROS DE 2014

 

 Um 2015 cheio de boas leituras pra todos nós. 🙂

Cobertura do Lançamento da Revista Cornucopia Vacua #01

Que evento bacana. Lacrou o ano literário com tudo. Fiquei tão honrada e agradecida por participar e dividir esse momento com todos os presentes. O Café da Athena Livraria foi tomado por fãs de H.P. Lovecraft, curiosos e/ou amigos e parceiros dos autores que lançaram suas obras no dia. Aliás, o dia foi 13 de dezembro e já estou com vontade de mais encontros como esse.

Foi muito legal mostrar a revista pra gente que não conhecia, ou que só lia online. Ter o papel em mãos é outra coisa, né? E ficou bem bonita essa edição. Para os apegados ao papel, fiquem ligados na página que vai rolar evento em breve e vocês poderão pegar a sua. Confere aí a capa e os marcadores distribuídos no evento.

14.12.18 - Cobertura do Lançamento CV #012

Como no lançamento anterior, teve muita gente querida e alguns dos autores da revista (que deram até o seu autógrafo).  Fico tão feliz quando vejo os rostinhos sorridentes dos escritores que publicaram na revista.

Foi muito bom também conhecer o Duda Falcão e trocar uma ideia. Ele lançou o seu livro Mausoléu e participou do bate-papo sobre Lovecraft com o Andrio Santos e o Enéias Tavares, ambos escritores também. O Andrio também lançou o livro dele chamado Santuário. Muito lindas essas capas, vai dizer?

14.12.18 - Cobertura do Lançamento CV #013

Não dá para esquecer-se da presença do pessoal da Elo Editorial que lançou a Bang #4. A revista reúne muitos contistas, poetas e ilustradores e é uma inspiração pra Cornucopia Vacua.

Quero agradecer demais todos os presentes que dedicaram um pouco do seu fim de semana para o lançamento da revista. Isso é o que dá força para o projeto e fortalece a literatura. Conto com vocês. 🙂

Lembrando que a distribuição da revista é gratuita. Para ajudar nos custos de impressão, vendo alguns adesivos e imãs com temas da revista. Se quiserem, é só pedir.

Ainda não conseguiu a sua Cornucopia Vacua impressa? Calma que é só acessar esse link e conferir o conteúdo da edição #00. https://cornucopiavacua.wordpress.com/category/cv-impressa-00/

Logo, logo, vou postando o conteúdo da revista #1. Enquanto isso, vocês podem conferir também todos os textos já postados aqui no blog. Tem coluna, poema, conto. Muita coisa boa.

Post sobre o evento “O Horror Cósmico de H. P. Lovecraft” no Sonata Aos Meus Fantasmas. Clique aqui para ler.

Fiquem com algumas fotos que meu irmão João Davi me ajudou a tirar. Se você tem algum foto do evento, posta com a hashtag #cornucopiavacua que eu vejo e adiciono aqui com o maior prazer. – Luciana Minuzzi.

Você vai ao evento de lançamento da CV #1?

Tenho o orgulho de anunciar que no próximo sábado, dia 13 de dezembro, será o lançamento da versão impressa da Revista Cornucopia Vacua #1. Sim, mais uma Revista Cornucopia Vacua.  E o lançamento vai ser super especial em um evento super imperdível. Estou muito feliz de poder levar a revista e dividir essa tarde literária com esses autores.

No mesmo evento, acontecerá o bate-papo sobre o H.P.Lovecraft com os escritores Duda Falcão e Andrio Santos e mediação de Enéias Tavares. Além disso, tem o lançamento e sessão de autógrafos das obras lovecraftianas Ascensão de Cthulhu, com Duda Falcão, e Santuário, de Andrio Santos. Depois, ainda tem o lançamento da revista Bang Literário #4. Preciso dizer mais? Já marquem na agenda. Espero todos lá.

A função acontecerá a partir das 16h, na Athena Livraria, que fica na Rua Floriano Peixoto, 1112. A distribuição da revista é gratuita, então apareça para tomar uma xícara de café, conversar um bocado e garantir o seu exemplar. Conto com vocês para fortalecer a literatura. 😀

Confirme a sua presença no evento do Facebook pra eu saber quantos queridos vão. Clique aqui.

cornucopiavacua_cartaz_lançamento

Para quem não conhece, Cornucopia Vacua é uma revista online e também impressa que busca a divulgação coletiva de artistas para levar mais poesia, ilustração, contos para o nosso cotidiano. São publicados desde autores que ainda não tem aquela coragem de tirar os escritos da gaveta até aqueles que já têm bastante estrada e premiações. Também são aceitos materiais de desenhistas, quadrinhistas e todos que fazem algum tipo de arte. Para enviar material: cornucopiavacua@gmail.com